Mastopexia com prótese de silicone é opção para levantar as mamas

0
woman examining breast mastopathy or cancer

Entre os mais diversos assuntos que envolvem a cirurgia plástica, os procedimentos que envolvem as mamas são muito abordados pelos médicos, pois se tratam de cirurgias muito realizadas em todo o mundo. Um tipo de cirurgia das mamas muito procurado é a correção das mamas caídas, que também é conhecia como mastopexia. E, muitas vezes, ela pode ser associada a colocação de silicone. Saiba mais.

Como ocorre a queda das mamas?

A queda das mamas, também conhecida como ptose mamária é uma queixa constante entre as mulheres. Suas causas mais frequentes são emagrecimento, distúrbios glandulares, atrofia pós-gestacional, fatores hereditários, distúrbios emocionais e envelhecimento cutâneo com perda da elasticidade. A ptose mamária pode ser classificada em três graus: I, II e III. Na maioria das vezes, a queda da mama acompanha a redução ou atrofia da glândula. Em idades avançadas ou em casos de grandes perdas ponderais como o emagrecimento acentuado, além da atrofia glandular, ocorre também a atrofia do tecido gorduroso.

A escolha de se utilizar prótese no remodelamento da mama leva mais em conta o excesso de pele pendente e a densidade da mama do que apenas a ptose (queda da mama). Em casos com grande perda de peso ou após a amamentação, o médico pode sugerir o uso de um pequeno implante para tentar trazer de volta o volume mamário perdido.

Mastopexia para o remodelamento da mama

mastopexia é uma cirurgia onde o tamanho da mama permanece o mesmo, mas a sua forma e projeção são alteradas, deixando o mamilo mais levantado. Ela pode ou não ser associada com o uso de implante de silicone. Tudo depende da textura e densidade do tecido mamário. Se a mama for muito flácida quando se palpa e tem excesso de pele, pode ser necessário o uso de um implante pequeno para dar mais firmeza à mama. O motivo é que o cirurgião precisa remodelar a mama usando pontos para se aproximar os tecidos; se esse tecido aproximado não tiver uma densidade adequada, então o resultado poderá ser perdido e durar pouco.

Por isso, os cirurgiões plásticos podem usar um pequeno implante que é colocado atrás do tecido mamário visando melhorar o suporte e projeção da mama. Essa conduta deve ser explicada pelo cirurgião plástico ao paciente, mostrando todos os benefícios e riscos da técnica. Para quem busca a mastopexia, a avaliação com um cirurgião plástico de confiança é indispensável na busca dos bons resultados.

Dr. Coracy Carneiro –  Cirurgião Plástico – CRMCE: 9057
Av. Santos Dumont, 5753, Complexo São Matheus – Torre Saúde, 18º andar.
(85) 3025-4440 / (85) 99866-0000
 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here